Considerado um serviço de urgência e emergência, todos sabem da importância do atendimento do SAMU. O que poucos sabem é que o serviço não se resume apenas nos profissionais de saúde. Para que esse serviço funcione com toda sua excelência, é necessário a união de toda uma equipe que conta com médicos, enfermeiros, motoristas, teleantendentes, entre outros. É isso mesmo, teleatendentes! São a partir deles que todo o processo se inicia. Eles precisam ser capacitados para atender qualquer tipo de chamado e repassar para os demais profissionais.

Infelizmente esses trabalhadores são bastante desvalorizados e vários deles serão dispensados a partir do próximo dia 02 de janeiro. Ocorre que estes profissionais trabalham sem carteira assinada ou nenhum tipo de vínculo trabalhista. Ou seja, além de perder seus empregos, todos sairão sem receber nenhum direito. Situação também conhecido como “levar um pé na bunda e tchau!”

Diante disso, várias denúncias chegaram ao SINTTEL-CE que de imediato, deu início ao processo para garantir os direitos desses trabalhadores. Para isso, ofícios foram emitidos para a Prefeitura Municipal de Fortaleza, Câmara Municipal e SAMU. Outra ação feita de imediato foi a denúncia protocolada no Ministério Público do Trabalho – MPT afim de denunciar tal situação.

O que também se torna preocupante nesse acontecimento, segundo as denúncias dos trabalhadores, é o fato dos novos teleatendentes não terem nenhum tipo de experiência ou conhecimento do serviço que irão iniciar já na próxima semana. Ou seja, o serviço vai CONGESTIONAR.

Com tanta truculência, seja na situação dos trabalhadores que irão sair ou dos que vou iniciar. O fato é que será necessário achar uma solução imediata, urgente. Os órgãos responsáveis precisam entender que vidas estão envolvidas e com isso, SAMU, não dá pra brincar.

 

 
 

 
Veja mais
  • TUDO SOBRE AS FOLGAS DE QUEM TRABALHOU NAS ELEIÇÕES COMO MESÁRIO
  • SINTTEL-CE CONVOCA TRABALHADORES DA VIVO, PARA ASSEMBLEIA DE APRECIAÇÃO DA PROPOSTA FINAL DO ACT 2018/2020
  • SINTTEL-CE MOBILIZA TRABALHADORES DA VIVO CONTRA PROPOSTA VERGONHOSA
  • Por 7 a 4, STF aprova terceirização irrestrita
  • Já já tá saindo mais uma edição do Jornal do SINTTEL-CE. Aguarde!
  • SINTTEL-CE INVESTE EM SAÚDE DO TRABALHADOR E APRESENTA NOVA OPÇÃO DE PLANO DE SAÚDE
  •