• PPR 2018 – Negociação que deveria ter sido finalizada em maio deste ano – arrasta-se até agora, por culpa exclusiva da Claro, que, mesmo tendo se comprometido, conforme consta na ata da reunião de abril, enrolou, protelou e pagou pra ver. A empresa faz isso, na maior cara de pau, para depois barganhar com o índice de reajuste. Por esse motivo, o SINTTEL-CE vai submeter a proposta de PPR aos trabalhadores, para que eles possam deliberar em assembleia;
  • Manutenção dos atuais targets de 2,4 até 3,6 salários. Evidentemente, para o trabalhador chegar nesse resultado ele tem que bater 100% de todas as metas e desafios propostos, o que é muito difícil, para não dizer quase impossível;
  • Elegibilidade: 60 dias;
  • Pagamento: até 31 de março;
  • Sem antecipação.

Ressaltamos, no entanto, que a Claro continua utilizando um modelo desigual entre seus trabalhadores, embora todos tenham as mesmas metas e desafios a cumprir para chegarem ao resultado final. Se fosse hoje, os trabalhadores que perderiam, e que estão novamente penalizados, seriam os oriundos da Embratel e NET, onde os resultados fechados, até agosto, no caso da Embratel  (Unidade Empresarial), é de 1,22 salário, e, no da NET, (Unidade Residencial) de 1,90 salário.  Um pouco melhor, o resultado dos empregados vindos da Claro (Unidade Pessoal) é de 2,20 salários. A empresa alega e argumenta que os resultados melhoram no último trimestre.

 

E D I T A L D E C O N V O C A Ç ÃO

O Diretor Presidente do SINDICATO DOS TRABALHADORES EM TELECOMUNICAÇÕES E OPERADORAS DE MESAS TELEFÔNICAS DO ESTADO DO CEARÁ - SINTTEL-CE, entidade constituída para coordenação, defesa e representação legal dos trabalhadores em telecomunicações convoca, de acordo com o artigo 57-e, do Estatuto, todos os (as) trabalhadores (as) das empresas do grupo CLARO BRASIL a comparecerem à ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, a realizar-se no dia 30 de outubro de 2018, às 8h30m, em primeira convocação na Avenida Pontes Vieira, 1554 – Dionisio Torres – Fortaleza-CE, e, na falta de quorum mínimo estabelecido pelo Estatuto Social, trinta minutos após, em segunda convocação, com qualquer número, a fim de deliberarem a seguinte ordem do dia: 1-Apreciação e deliberação da proposta para Acordo Coletivo Programa de Participação nos Lucros e Resultados 2018; 2 – Outros assuntos correlatos.

Fortaleza-CE, 22 de outubro de 2018.

João Cezar Barbosa de Assis.

Diretor Presidente SINTTEL-CE

 

 
 

 
Veja mais
  • Senado emite nota reconhecendo que Brasil é signatário de pacto da ONU
  • SINDICATO PATRONAL OBTÉM VERBA POR DECRETO
  • Com a nova legislação, quem não contribui com o sindicato não terá os benefícios da categoria
  • SAÚDE - Comer fruta de estômago vazio.
  • ELEIÇÕES SINTTEL
  • Falta emprego para 1,39 milhão no Ceará; 3º maior do Nordeste
  •