É ISSO MESMO! Depois de uma longa insistência do SINTTEL-CE em negociar o ACT 2018 dos trabalhadores da Concentrix, a empresa finalmente apresenta sua proposta, com intermediação, pelo Sinstal (Sindicato Patronal).

 

SINTTEL TEIMA ATÉ SAIR PROPOSTA

Desde que se instalou em Fortaleza, um único encontro ocorreu, forçado pelo SINTTEL-CE, em São Paulo, em uma negociação que aconteceu no ano passado, mas que não resultou em absolutamente nada! Depois de vários contatos forçados, a empresa se calou com o intuito de deixar o tempo passar, porém a Diretoria o SINTTEL não parou.

Diante disso, SINTTEL-CE resolveu fazer um pedido de mediação no SRTE, para então, ter a primeira conversa formal com a empresa. 

 

PROPOSTA FINAL

Depois de tanto “lenga lenga”, essa foi a proposta final apresentada pela Concentrix aos seus trabalhadores no dia 23 de novembro de 2018. Apesar de não ser exatamente como o SINTTEL-CE queria, conquistar essa proposta, depois de tanta luta, já pode ser considerada uma vitótia.

 

 

 

E D I T A L     D E   C O N V O C A Ç ÃO

 

O Diretor Presidente do SINDICATO DOS TRABALHADORES EM TELECOMUNICAÇÕES E OPERADORAS DE MESAS TELEFÔNICAS DO ESTADO DO CEARÁ - SINTTEL-CE, entidade constituída para coordenação, defesa e representação legal dos trabalhadores das empresas prestadoras de serviços de Teleatendimento, e de telecomunicações, convoca, de acordo com o artigo 57-e, do Estatuto, todos os (as) trabalhadores (as) da empresa Concentrix, a comparecerem à Assembleia Geral Extraordinária, a realizar-se no dia 10 de dezembro de 2018, às 10h, em primeira convocação, e na falta de quorum mínimo estabelecido pelo estatuto social, a partir das 10h30m, em segunda convocação, com qualquer número, a realizar-se na Rua Agapito dos Santos, 660 – Centro - Fortaleza - CE, a fim de deliberarem a seguinte ordem do dia, até as 15h: 1-Apreciação e deliberação da proposta patronal para Convenção Coletiva de Trabalho 2018; 2-Programa de Participação nos Resultados 2018; 3–Discussão e deliberação de taxa de fortalecimento para despesas decorrentes do processo negocial; 4 – Outros assuntos correlatos;

 

Fortaleza-CE, 05 de dezembro de 2018

João Cezar Barbosa de Assis

Diretor Presidente

  1. PISO – Garantido o valor do novo salário mínimo em Janeiro/2019;
  2. REAJUSTE –1,81% em Janeiro/2019, excetuando os TRABALHADORES que estejam recebendo o piso salarial, diretores, superintendentes, gerentes e coordenadores, devendo ser respeitada a política interna e nomenclatura de cargo de cada EMPRESA.
  3. ABONO INDENIZATÓRIO – R$ 204,00, pago em até 15 dias após a formalização da CCT;
  4. ABONO INDENIZATÓRIO – 10,86% do salário nominal, sobre os salários de Julho/2018, com o valor mínimo garantido de R$ 204,00, pago em até 15 dias após a formalização da CCT, excetuando os TRABALHADORES que estejam recebendo o piso salarial, diretores,superintendentes, gerentes e coordenadores, devendo ser respeitada a política interna e nomenclatura de cargo de cada EMPRESA.
  5. PPR/PLR 2017: VALOR – R$ 100,00 até níveis abaixo de gerente, mesma regra do ano passado (ter trabalhado no mínimo 90 dias em 2017), sem abatimento do absenteísmo, pago em até 15 dias após a formalização da CCT – podendo ser pago o valor proporcional ao período trabalhado;
  6. VA/VR: Correção de 2,00% a partir de primeiro de Julho/2018;
  7. Auxílio Creche: Correção de 2,00% a partir de primeiro de Julho/2018 e, extensão do benefício para trabalhadores-pais, passando a usufruir do benefício no mês subsequente após a admissão; Caso os cônjuges/companheiros sejam trabalhadores da mesma empresa, o pagamento seja feito exclusivamente a um deles.
  8. Atestado Acompanhamento, Filhos até 12 anos, por ano: De 7 para 8 dias por ano (1 filho) - De 8 para 9 dias por ano (dois ou mais filhos) - De 5 para 6 dias por ano (filhos excepcionais sem limite de idade)
  9. Licença falecimento; - De 4 para 5 dias por ano;
  10. Data-base: - Alteração para Janeiro;
    • Caso ocorra desligamento do empregado antes do fim do exercício 2018, a empresa poderá reter, na rescisão, o valor do abono correspondente ao período que falta para o fim do exercício;
    • Para os cargos de nível executivo, se elegíveis ao PPR/PLR de 2017 da companhia, a participação no resultado anual deve ter seu cálculo conforme metas coletivas e/ou individuais estabelecidas em 2017;
    • Para as empresas que já pagaram PPR/PLR de 2017 em valor superior da proposta ficam isentas do pagamento previsto neste item e, as empresas que pagaram valor inferior pagam a diferença;
    • MANUTENÇÃO DAS DEMAIS CLÁUSULAS EXISTENTES NA CCT 2017

 

CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL

Nas assembleias que estão sendo apresentada a proposta do ACT 2018 das categorias, os trabalhadores terão que decidir também o desconto de uma contribuição assistencial no valor de 2% do salário a ser parcelado em duas vezes (1% em janeiro/19 e 1% em fevereiro/19).

Essa contribuição se torna essencial, após o ataque do governo golpista a organização sindical, que tem a intenção clara de fragilizar a luta. Para isso, extinguiu o imposto sindical decretando assim, a morte dos sindicatos, que ficaram sem recursos para manter a luta. Para se ter uma ideia, em uma campanha Salarial como as que vêm acontecendo atualmente, os gastos são muitos e não são baratos. O trabalhador consciente sabe que é nossa responsabilidade fortalecer o Sindicato e nossa organização.

Mesmo assim, será garantido ao trabalhador o direito de oposição. Para isso, serão dados três dias úteis, a contar da data de realização da assembleia, a ser protocolada na sede do SINTTEL-CE, em duas vias, escritas de próprio punho e entregue pelo próprio empregado, solicitando o cancelamento do desconto.

 

 

 
 

 
Veja mais
  • Senado emite nota reconhecendo que Brasil é signatário de pacto da ONU
  • SINDICATO PATRONAL OBTÉM VERBA POR DECRETO
  • Com a nova legislação, quem não contribui com o sindicato não terá os benefícios da categoria
  • SAÚDE - Comer fruta de estômago vazio.
  • ELEIÇÕES SINTTEL
  • Falta emprego para 1,39 milhão no Ceará; 3º maior do Nordeste
  •