Doze cidades da região jaguaribana estão sem sinal da operadora de telefonia Tim depois que o equipamento transmissor foi atacado, na manhã deste domingo, 6. Segundo informações da Polícia Militar da Cidade de Limoeiro do Norte onde o equipamento está instalado, o equipamento foi alvo de “artefato explosivo”.

O equipamento, chamado concentrador, fica na base da antena transmissora de sinal. Conforme a Polícia Militar, o ataque só foi identificado na manhã deste domingo, quando funcionário de empresa terceirizada prestadora de serviço para a operadora foi ao local da antena verificar porque a Cidade estava sem sinal de telefonia.

A antena fica entre a comunidade de Cabeça Preta e a Barragem das Pedrinhas no sentido da Chapada do Apodi. Ainda segundo a PM, até o presente momento nenhum responsável pelo ataque foi identificado ou preso. Segunda a operadora, o local atacado é “uma importante estação de telecomunicações da companhia”.

Serviços de voz e dados nas 12 cidades cearenses estão afetados. “A operadora lamenta o ocorrido e informa que equipes técnicas já atuam em conjunto para o restabelecimento dos serviços o mais breve possível”, diz a Tim.

 

Fonte: Tv Jaguar/djalmafreire

 
 

 
Veja mais
  • EMPRESAS OMITEM ACIDENTES DE TRABALHO NO CE
  • OIT REVELA QUE 2 BILHÕES DE TRABALHADORES SÃO INFORMAIS EM TODO O MUNDO
  • BOLSONARO QUER MUDAR IDADE MÍNIMA DE APOSENTADORIA DE ACORDO COM REGIÃO DO PAÍS
  • CARTEIRA VERDE E AMARELA: GUEDES PROPÕE NOVA FORMA DE CONTRATAÇÃO TRABALHISTA
  • QUANTIDADE DE QUEIXAS CONTRA TELES NA ANATEL CAIU EM 2018
  • CUT E DEMAIS CENTRAIS PREPARAM RESISTÊNCIA CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA
  •