Mais um encontro aconteceu para as negociações do Acordo Coletivo Trabalhista – ACT 2019 da AeC. Desta vez, o encontro aconteceu em Natal-RN e reuniu os representantes da empresa e dos SINTEL´s  Ceará, Rio Grande do Norte e Alagoas, representando os trabalhadores.

Conforme o último encontro, ainda não foi possível se chegar em uma definição final diante as propostas colocadas pela empresa. Os principais entraves da negociação se justificam pelo fato da AeC insistir em não conceder os vales alimentação para quem trabalha 6 horas/dia, escalonar e postergar para maio o reajuste dos salários para quem ganha até R$ 1.700,00, e também o não pagamento do PPR de 2018.

Mesmo com essa negativa, houve avanço em alguns pontos, mas não o suficiente para contemplar os trabalhadores. Dessa forma a AeC resolveu dar sua decisão final em um novo encontro, que acontecerá no próximo dia 18 de fevereiro, em Fortaleza.

O SINTTEL-CE está empenhado em mudar essa situação, para conquistar a melhor proposta, nesse novo encontro e pede a compreensão dos trabalhadores diante dessa demora.

SALÁRIO MÍNIMO DEVE SER PAGO RETROATIVO A 1º. DE JANEIRO

O SINTTEL-CE sugeriu para AeC, que aplicasse de imediato o novo salário mínimo (R$ 998,00), a partir de janeiro, para os teleoperadores que ganham o piso, independentemente da negociação do ACT2019 está em curso ainda. Porém, cabe a empresa acatar ou não essa solicitação.

 

 
 

 
Veja mais
  • OIT REVELA QUE 2 BILHÕES DE TRABALHADORES SÃO INFORMAIS EM TODO O MUNDO
  • BOLSONARO QUER MUDAR IDADE MÍNIMA DE APOSENTADORIA DE ACORDO COM REGIÃO DO PAÍS
  • CARTEIRA VERDE E AMARELA: GUEDES PROPÕE NOVA FORMA DE CONTRATAÇÃO TRABALHISTA
  • QUANTIDADE DE QUEIXAS CONTRA TELES NA ANATEL CAIU EM 2018
  • CUT E DEMAIS CENTRAIS PREPARAM RESISTÊNCIA CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA
  • SEM DINHEIRO DA TELEBRAS, COMEÇA A CONSTRUÇÃO DO CABO SUBMARINO BRASIL-EUROPA
  •